• Priscila Mori Vilanova

Você é guerreiro (a)?


Quantas vezes batemos no peito e proclamamos: “Sou guerreiro!”

E nessa pequena frase subentende-se, sermos aquele que ultrapassou os próprios limites, seja mental, físico e ou emocional.

E ficamos orgulhosos disso, de fazer demais, de aguentar demais e mesmo em frangalhos, sobreviver.

Com que frequência arriscamos nossa saúde para provar, a nós e aos outros que conseguimos lutar, lutar, lutar.

Como se a vida fosse um grande campo de batalha, onde só se consegue as coisas com força, sacrifícios e perdas.

E nisso perpetuamos a ideia, a crença, de que Guerrear é algo bom e digno de reconhecimento.

Em consultório eu atendo a vários guerreiros e guerreiras, verdadeiros heróis de guerra, que travaram suas batalhas e sobreviveram, mas pagam um preço muito alto por isso.

Muitos deles perderam amigos, parentes e companheiros. É um dos riscos de quem vive em guerra e pronto para atacar: não confia em ninguém.

Outros tiveram partes de si amputadas, como a sensibilidade por exemplo, pois guerreiro não pode ser sensível e se deixar afetar, é preciso matar - senão morre. Com isso matou o que sentia para que não influenciasse suas ações.

Alguns pensaram em desertar, abandonar o campo de batalha, mas o medo do constrangimento, da vergonha em ser reconhecido como covarde foi maior e hoje ele tem depressão, pensando em tudo que poderia ter sido ou ter feito, se não ligasse a mínima para o que os outros pensam dele.

Ainda tem aqueles que gostaram da experiência de ferir os outros, de derramar sangue e lágrimas e carregam consigo o pesado padrão de reviver relacionamentos repletos de dor.

Veja, estamos todos do mesmo lado. Todos nós queremos conquistar os mesmos territórios: segurança, amor, saúde, felicidade. Portanto somos aliados, não inimigos.

Tudo o que há de bom, existe em abundância. Não precisa ser dividido, mas sim compartilhado. E isso, por si só, torna a vida uma experiência de PAZ.

Se você foi ferido nas batalha que travou, nós podemos te ajudar. Permita-se!

Priscila Mori Vilanova

Terapeuta Holística.

#cinesiologia #terapiaholistica #TerapiaIntegrativa

12 visualizações