• Priscila Mori Vilanova

Mutismo seletivo: você sabe o que é?


Você conhece uma criança ou adolescente que está com dificuldade para se expressar verbalmente? E essa dificuldade está causando um grande desconforto, a ponto desta criança ou adolescente apresentar problemas na aprendizagem, na interação com outras crianças e até mesmo com parentes?

O que mais chama sua atenção neste caso é que ela fala normalmente com algumas, poucas pessoas. Constatando que não tem nenhuma deficiência física ou fonoaudióloga que a impeça de se expressar. Deixando no ar a dúvida se ela está com birra, timidez ou simplesmente testando seu controle sobre as pessoas e ambiente que a cerca.

Cuidado, esta criança ou adolescente pode estar em um processo de transtorno psicológico chamado de MUTISMO SELETIVO.

É uma condição extremamente limitante e incapacitante, pois impede a interação deste ser com as pessoas que a cercam, sejam conhecidas ou estranhas.

Se você verificar que esta criança, evita situações em grupo, se apavora ao entrar em contato com estranhos e se forçada a estar em lugares repletos de pessoas (como escola, restaurante, festas, etc) apresenta ainda sintomas nervosos como dor de barriga ou estômago, ânsia de vomitar, intestino muito solto ou muito preso e ainda crises de choro, vale buscar uma avaliação do estado emocional dela.

O Medo afeta as pessoas de formas diferentes e em diferentes escalas.

Transtornos que tem como base o MEDO quando se apresentam na infância, como é o caso do Mutismo Seletivo, se não tratado podem evoluir em idade adulta para transtornos mais severos como a Síndrome do Pânico.

Estamos em uma era de sensibilidade a flor da pele, temos caminhado em busca de evolução integral e com isso ficamos mais receptivo aos estímulos externos e portanto suscetíveis ao apego das opiniões alheias. É um desafio nosso de cada dia ser autênticos além de todo Medo. Mas para uma criança, isso pode ser um obstáculo difícil de ser ultrapassado se um adulto não desenvolver um olhar atento e oferecer ajuda.

A Terapia Integrativa avalia todas as situações que causam sofrimento de uma forma ampla, levando em conta a história pessoal, as energias envolvidas, o ambiente e as situações. Com isso oferece não uma mas várias opções de solução.

Vale a pena buscar ajuda e oferecer àquele Ser que mesmo não verbalizando isso, precisa de Você!

Priscila Mori Vilanova

Terapeuta Holística.

#cinesiologia #terapiaholistica #TerapiaIntegrativa #SíndromedoPânico #Crianças

50 visualizações